Colégio Santa Cruz

Este playground criado pelo escritório Levisky Arquitetura  para o novo espaço de recreação do colégio Santa Cruz, em São Paulo tem como característica marcante seu desenho contemporâneo,  tirando partido de linhas e formas curvas.

Anteprojeto Arquitetônico

A LAO Engenharia & Design foi responsável por apresentar a solução construtiva para este projeto que resultou em uma estrutura metálica composta por chapas perfuradas recortadas, dobradas e soldadas de forma facetada.

Projeto executivo

O brinquedão, como foi batizado, tem uma seção que remete a um onda, onde a crista foi projetada para evitar que as crianças consigam subir na parte superior do brinquedo. Pendurada a ela sinos que são tocados pelas crianças quando atingem o topo da escalada formada por pedras e fixadas ao longo das paredes do equipamento.

Estas paredes são fabricadas em chapa perfurada que além de ventilação e resfriamento, proporcionam visibilidade à parte interna do brinquedo, exigência por conta da segurança das crianças,  e possibilidades infinitas de fixação de elementos como pedras de escalada, cordas e tecidos, fazendo com que as brincadeiras possam sempre ser reinventadas.

Ainda como parte integrante do brinquedo uma rede de cordas, um tubo de passagem para o outro parquinho e um muro parede com aplicação de janelas coloridas que estimulam experiências visuais.

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma rede tridimensional em forma de pirâmide une-se ao brinquedão por meio de uma ponte, feitos de Cordaço (material fabricado com cabo de aço revestido por nylon e nós de alumínio maciço).

Um enorme banco, de curvas sinuosas, feito em estrutura metálica e revestido por madeira tropical de alta densidade (Cumarú) que parece estar flutuando, é um perfeito convite para a criança sentar-se, equilibrar-se, desenhar ou conversar.